Eleições CGI.br: publicada a lista final dos representantes da sociedade civil


08 JUN 2020



Titulares e suplentes do setor empresarial, terceiro setor e da comunidade científica e tecnológica foram eleitos para mandato de três anos

O Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) divulgou hoje (8 de junho) o resultado final do sexto processo eleitoral para eleição de representantes da Sociedade Civil, que exercerão mandato de três anos. Após uma votação em segundo turno para suplentes, a lista definitiva dos titulares e suplentes eleitos está disponível no endereço: https://cgi.br/pagina/resultado-final-das-eleicoes-cgi-br-2020/357/.

Desde 2003 o CGI.br é composto por 21 integrantes, sendo 11 representantes eleitos pela Sociedade Civil − quatro do setor empresarial, quatro do terceiro setor e três da comunidade científica e tecnológica −, nove representantes de órgãos de governo e um representante de notório saber em assuntos de Internet. O processo eleitoral do CGI.br ocorre a partir dos votos de um colégio composto por entidades representativas desses três setores, que escolhem, por meio de voto eletrônico, um candidato para representá-las no CGI.br. Ao total, 184 entidades de todas as regiões do país participaram das eleições. 

Todas informações sobre as etapas do processo eleitoral estão disponíveis no endereço: http://cgi.br/processo-eleitoral/

História e atividades do CGI.br
Criado em 31 de maio de 1995, o CGI.br foi reformulado e ampliado em setembro de 2003, e tem entre seus objetivos a promoção da qualidade técnica e da inovação, bem como a disseminação dos serviços de Internet no Brasil. Cabe ao CGI.br coordenar a atribuição de endereços internet (IPs) e o registro de nomes de domínios sob o ccTLD “.br”, estabelecer diretrizes estratégicas relacionadas ao uso e desenvolvimento da Internet no Brasil, à coleta, organização e disseminação de informações sobre os serviços Internet, apoiar os Pontos de Troca de Tráfego (Internet Exchange Points, em inglês), e viabilizar a participação da comunidade brasileira no desenvolvimento global da rede e da Web. 

Para operar e implementar as decisões e os projetos do CGI.br, atendendo inclusive ao crescimento da Internet no Brasil, foi ativado em 2005 o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), entidade civil, de direito privado e sem fins de lucro, que atua como ‘braço executivo’ do CGI.br. 

Dentre as diversas atividades do CGI.br, que completou 25 anos em 31 de maio deste ano, destaca-se a publicação do Decálogo de Princípios para a Governança e Uso da Internet, que completou dez anos em 2019 e serviu de base para a lei do Marco Civil da Internet, que representa um grande avanço para a proteção dos direitos civis dos brasileiros. O Comitê Gestor também contribuiu de forma significativa com as discussões que culminaram na aprovação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD). 

Para marcar seus 25 anos, o CGI.br promoveu um evento on-line que discutiu as conquistas do multissetorialismo para a governança da Internet, a importância e o futuro da rede durante o isolamento imposto pela Covid-19, além de destacar realizações do Comitê em todos estes anos. Também foram anunciados os homenageados na primeira edição do “Prêmio DESTAQUES em Governança da Internet no Brasil”. O evento pode ser revisto aqui: https://www.youtube.com/watch?v=1Vb0lwUnSu4.

Sobre o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR – NIC.br
O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR — NIC.br (https://www.nic.br/) é uma entidade civil, de direito privado e sem fins de lucro, que além de implementar as decisões e projetos do Comitê Gestor da Internet no Brasil, tem entre suas atribuições: coordenar o registro de nomes de domínio — Registro.br (https://www.registro.br/), estudar, responder e tratar incidentes de segurança no Brasil — CERT.br (https://www.cert.br/), estudar e pesquisar tecnologias de redes e operações — Ceptro.br (https://www.ceptro.br/), produzir indicadores sobre as tecnologias da informação e da comunicação — Cetic.br (https://www.cetic.br/), implementar e operar os Pontos de Troca de Tráfego — IX.br (https://ix.br/), viabilizar a participação da comunidade brasileira no desenvolvimento global da Web e subsidiar a formulação de políticas públicas — Ceweb.br (https://www.ceweb.br), e abrigar o escritório do W3C no Brasil (https://www.w3c.br/).

Sobre o Comitê Gestor da Internet no Brasil – CGI.br
O Comitê Gestor da Internet no Brasil, responsável por estabelecer diretrizes estratégicas relacionadas ao uso e desenvolvimento da Internet no Brasil, coordena e integra todas as iniciativas de serviços Internet no País, promovendo a qualidade técnica, a inovação e a disseminação dos serviços ofertados. Com base nos princípios de multilateralidade, transparência e democracia, o CGI.br representa um modelo de governança multissetorial da Internet com efetiva participação de todos os setores da sociedade nas suas decisões. Uma de suas formulações são os 10 Princípios para a Governança e Uso da Internet (https://www.cgi.br/principios). Mais informações em https://www.cgi.br/.

Contatos para a Imprensa:

Weber Shandwick
https://www.webershandwick.com.br/
PABX: (11) 3027-0200 / 3531-4950
Ana Jones - 
ana.jones@webershandwick.com - (11) 3027-0200 ramal: 312
Juliana Guerra - jguerra@webershandwick.com - (11) 3027-0227

Assessoria de Comunicação – NIC.br
Caroline D’Avo – Gerente de Comunicação – caroline@nic.br
Carolina Carvalho – Coordenadora de Comunicação – carolcarvalho@nic.br
Soraia Marino – Assistente de Comunicação – soraia@nic.br 

Flickr: https://www.flickr.com/NICbr/
Twitter: https://www.twitter.com/comuNICbr/
YouTube: https://www.youtube.com/nicbrvideos
Facebook: www.facebook.com/nic.br
Telegram: www.telegram.me/nicbr
LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/nic-br/
Instagram: https://www.instagram.com/nicbr/